Blogs, do principio ao fim?

O que é um blog? Alguns conceitos, regras e perspectivas

Se atentarmos na etimologia da palavra original “blog”, verificamos que se trata de uma junção dos acrónimos anglo-saxões “web” e “log”. Se nos permitirmos uma tradução mais ou menos liberal poderíamos assumir que um blogue se constitui de um conjunto de referências pessoais colocadas na internet sobre os mais variados assuntos. A abreviação para blog foi imaginda por Peter Merholz, quando, numa nota humorística desmembrou a palavra em we blog, numa clara alusão a uma comunidade ainda reservada que, efectivamente colocava referências pessoais na blogosfera.

Formas de ter um blog online

A colocação dessa informação pode assumir tantas formas quantas as ferramentas estruturadas de actualização que permitem a aposição da informação, vulgo scripts que podem ser de gestão própria ou com a gestão associada a uma determinada marca de alguma forma ligada a sector das tecnologias de informação. Como exemplo dos primeiros podemos apresentar o wordpress (que com o tempo evolui para uma plataforma CMS como explicaremos noutro post). Dos segundos e especificamente no exemplo português podemos referenciar os blogs do sapo e do webnode.

Provavelmente a maior plataforma mundial de construção de blogs será a plataforma Blogger. Sendo uma plataforma especialmente vocacionada para a construção de blogs, a Blogger, entretanto adquirida e mantida pela Google introduziu várias características que muito contribuíram para a popularização do género como foi o caso do permalink, que permite ainda hoje a refereciação directa de qualquer post de um blog, independentemente da navegação cronológica que se possa praticar dentro do blog.

Cuidados a ter para um blogger

Sendo quotidianamente considerado como um repositório de informações pessoais, um autor de um blog deverá assumir uma postura defensiva relativamente à divulgação de informações íntimas e que possam comprometer a segurança de dados ou mesmo a segurança pessoal do bloger e daqueles que o rodeiam. Essas medidas deverão incluir:

  • não divulgar fotografias que contenham especificações referentes a acessos a bens e a propriedades;
  • manter sempre uma versão actualizada de anti-virus nos computadores de acesso à internet;
  • evitar o uso de computadores públicos para operações que envolvam o uso de passwords;
  • sempre que tal não seja possível, mudar periodicamente a password, usando passwords de complexidade vária, com a combinação de várias tipologias de caracteres;
  • sair sempre do serviço de suporte ao blog utilizando a opção de logout;
  • se optar pela colocação de comentários aos seus posts, certifique-se da sua previa validação e nunca responda a comentários ofensivos que lhe sejam feitos através desta ferramenta… no calor do momento poderá revelar alguns dados que depois se poderá arrepender.

Blogs por temática

Hoje em dia podem ser distinguidos vários tipos de blogs: os blogs temáticos e os blogs pessoais. Os blogs temáticos ainda se poderão dividir em blogs de assunto ou blogs organizacionais.

  • Os blogs pessoais são o género mais popular, já que se encontram na estrita dependência dos seus proprietários e a colocação de assuntos é absolutamente livre, como por exemplo o Pipoca mais Doce, ou o Abrupto;
  • Os blogs temáticos são, por sua vez centrados nos assuntos que veiculam. Geralmente são publicações especializadas para as quais contribuem vários autores, como por exemplo o Gato Fedorento nos seus primórdios, ou, mais actualmente, o 31 da armada.
  • Os blogs organizacionais reflectem o funcionamento ou actividade de uma determinada organização fornecendo muitas vezes informações para os seus seguidores estarem a par das últimas novidades, como é o caso do blog do google.

Segundo alguns autores (vide Nick Dentor), por muito profusos que nos pareçam os blogs, eles ainda só chegam a cerca de 10% dos internautas como público, existindo uma grande margem de progressão e especialização.

Sobre Gonçalo Cabral

Autor de vários artigos sobre tecnologia e um fanático pela Briosa. Trabalha na internet desde 2005 com vários websites profissionais já concebidos. Dedica-se ao estudo de questões de usabilidade e interessa-se constantemente pelas evoluções na web.

Deixe seu comentário

*